Renault Twingo GT

Com uma arquitectura “tudo atrás” – tracção às rodas traseiras e motor colocado atrás dos bancos dos passageiros – o Renault Twingo GT é sinónimo de emoção ao volante e, claro, que para isso em muito contribuiu o trabalho desenvolvido pela Renault Sport.

Twingo GT_2
Fotografia oficial – Renault

O conhecido e comprovado motor TCe sofreu um incremento de potência de 20 cavalos. Ou seja, passou a reivindicar 110 cavalos e 170 Nm de binário. Para chegar a estes números, o bloco foi alvo de vários desenvolvimentos. Montado com uma inclinação de 49 graus para se tornar ainda mais compacto, passou a beneficiar de uma melhor refrigeração, com a entrada de ar localizada sobre o guarda-lamas traseiro esquerdo. Com esta simples solução, os engenheiros da Renault Sport conseguiram reduzir em cerca de 12% a temperatura do ar admitido no turbocompressor, com todas as vantagens que daí resultam em termos de desempenho.

Twingo GT_4
Fotografia oficial – Renault

Mas os trabalhos estenderam-se, também, ao aumento do regime de rotação do turbocompressor, a uma bomba de gasolina específica para aumentar o caudal de combustível e a uma nova bomba de água para optimizar o arrefecimento do motor. Também o escape beneficiou de um trabalho específico, com uma nova calibração do caudal de débito de ar e da contrapressão, bem como a montagem de uma panela de escape com dupla ponteira. Por outro lado, a caixa manual de cinco velocidades passou a beneficiar de relações mais curtas, de forma a reforçar o carácter desportivo do novo Twingo GT. Mas todos estes desenvolvimentos também tinham de se traduzir em novas soluções nas ligações ao solo. Para além dos técnicos terem decidido rebaixar 20 mm em relação às versões sem a assinatura Renault Sport, o novo Twingo GT beneficia de novas suspensões, de uma direção de desmultiplicação variável e de uma nova afinação do controlo electrónico de estabilidade (ESP), menos sensível a actuar, mas ainda assim a privilegiar a segurança.

Com uma excelente relação peso/potência de 8,5 kg/cv, o Twingo GT precisa apenas de 9,6 segundos para ir dos 0 aos 100 km/h, uma nova referência entre os compactos citadinos desportivos deste segmento de potência. As recuperações são também as melhores da categoria, com os 80 a 120 km/h a serem atingidos em menos de 9 segundos.

O novo Twingo GT já está disponível na rede de concessionários, a partir de 15.480€.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *