Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Escusam de brincar com o nome do novo crossover da Hyundai além fronteiras lusas, porque a marca coreana levou o seu desenvolvimento muito a sério. Desde logo pela estreia da nova plataforma para SUV de segmento B e que permite até a opção de tracção integral, algo pouco comum nesta classe de automóveis. Na motorização que conduzimos, o três cilindros sobrealimentado partilhado com o i20 e com o i30, falhas na capacidade de tracção foi algo que não sentimos, até porque o Kauai ensaiado vinha calçado com pneus de largura 235 em jantes de 18 polegadas. Apesar das dimensões das rodas e dos pneus de perfil reduzido, o Kauai mostrou ser capaz de manter um bom nível de conforto mesmo quando o piso não estava nas melhores condições. Para além de ser um bom rolador, fruto do conforto proporcionado pela suspensão e do bom isolamento do habitáculo, o novo Hyundai não se assusta quando o caminho se torna mais sinuoso. Não entusiasma, mas cumpre com segurança. O motor 1,0 lt Turbo com 120 cavalos não nos era desconhecido e também no novo crossover coreano gostámos da disponibilidade que apresenta e do ronronar típico com que se faz ouvir quando puxamos por ele, dando ainda mais personalidade ao novo Kauai.

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Diferente de todos os outros modelos da Hyundai, o novo Kauai destaca-se também entre os seus colegas de segmento pela originalidade da carroçaria pintada em dois tons. Há muita coisa a acontecer, ao mesmo tempo, a nível de design mas, no entanto, resulta. Prova disso foi a quantidade de pessoas que virou a cabeça ao ver o Kauai passar na estrada, admirando a sua irreverência. Quer na frente, quer atrás, a Hyundai apostou em grupos ópticos bipartidos, sendo que parte deles se encontra envolvido pelas protecções escuras que se prolongam desde os guarda-lamas. De perfil o Kauai mostra-se mais discreto, mas ainda assim de aspecto bem mais desportivo e dinâmico do que grande parte da restante oferta do segmento dos crossovers de segmento B.

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Passando ao habitáculo, e começando pelo tablier, rapidamente nos apercebermos de que, apesar de moderno, este não apresenta o arrojo do exterior do Kauai. Aqui foi dada prioridade à ergonomia e à acessibilidade de todas as funções. O painel de instrumentos é de leitura fácil e todos os comandos e acessórios estão correctamente colocados, principalmente o ecrã táctil que evita que os olhos se desviem demasiado da estrada. Há pormenores coloridos em redor das saídas de ventilação que combinam com o acabamento dos bancos e com os cintos de segurança vermelhos, dando alguma jovialidade ao habitáculo do Kauai. O espaço para os passageiros do banco traseiro é adequado, sendo mais indicado para dois do que para três ocupantes. A capacidade da bagageira, embora disponha de arrumação extra sob o alçapão, não vai além dos 361 litros úteis.

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Já o dissémos noutras ocasiões, mas depois de conduzirmos o Kauai parece-nos, novamente, apropriado. A evolução dos automóveis Hyundai é notória a cada modelo novo que lança e o Kauai é mais um daqueles casos em que o gigante coreano coloca a concorrência europeia em sentido. Com a recente chegada ao mercado de propostas como o SEAT Arona, o Opel Crossland X e o Citroën C3 Aircross, e com casos de sucesso como o Renault Captur e o Peugeot 2008 a continuarem a ser tão bem aceites pelo público, não será fácil o Hyundai Kauai impôr-se. Mas verdade seja dita, com os vários argumentos que apresenta, a vida dos que já cá estavam também não fica propriamente fácil.

Hyundai Kauai 1,0 T-GDi – Este é só nosso

Pontos positivos

  • Imagem original
  • Condução
  • Garantia
  • Equipamento

Pontos negativos

  • Consumo muito sensível
  • Interior sem a irreverência da carroçaria
  • Capacidade da mala vs. rivais

Consumo

  • Declarado – 5,4 lt/100 km
  • Ensaio – 6,8 lt/100 km

Preço

  • Desde 20.163 €
  • Viatura ensaiada – 21.871 € (pintura metalizada, estofos em pele e tecido e interior vermelho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *